fbpx

Plataforma de Trading: Como escolher a melhor

As plataformas de trading online funcionam como um canal entre os investidores e o mercado financeiro. Para além de comprar, vender e comunicar de uma forma mais rápida e intuitiva, o mundo digital alterou a forma como investimos.


Para além do óbvio comprar, vender e comunicar de uma forma mais rápida e intuitiva, o mundo digital alterou, igualmente, a forma como investimos. O advento da plataforma de trading veio permitir a qualquer pessoa com um computador e uma ligação à internet, negociar ativos financeiros como CFD’s, Forex ou Warrants durante 24 horas por dia.

Na prática, as plataformas de trading online funcionam como um canal de ligação entre os investidores e o mercado financeiro. Na maior parte das plataformas online, o cliente tem acesso, seja por email ou por telefone, à sala de mercados para poder discutir com um trader sobre a direção estratégica do investimento ou mesmo executar ordens de compra e venda diretamente.

Publicidade

Neste jogo de bolsa transportado para o universo online, a aparente facilidade em investir pode tornar-se significativamente mais complexa na hora de escolher entre as várias plataformas existentes no mercado.

Plataformas de trading em Portugal

A regulação deste setor está a cargo da Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM), cujo website oficial apresenta a lista de intermediários autorizados a prestar este tipo de serviços em Portugal.

Para além destas entidades, existem ainda plataformas que estão ao abrigo do regime LPS (Livre Prestação de Serviços). Apesar de estarem autorizadas a atuar no mercado português, a regulação destas plataformas de trading é feita por entidades não nacionais.

Como escolher a melhor plataforma de trading

Como é possível verificar, existem muitas opções válidas no mercado português, mas para que consiga distinguir o trigo do joio e conseguir as melhores condições de negócio, vamos ajudá-lo a escolher a melhor plataforma de trading online.

  • Verifique a lista de plataformas autorizadas no site da CMVM ou da FCA

A regulação deste setor é tarefa da Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM), cujo website oficial apresenta a lista de intermediários autorizados a prestar este tipo de serviços em Portugal.

Estes registos permitem verificar se o site em questão é regulado na Europa. Deve procurar o nome da empresa no motor de busca para verificar se a corretora é de facto regulada. A FCA é a reguladora britânica, mas existem também outras entidades reguladoras de confiança.

Em qualquer site de confiança, deve ser capaz de encontrar a seguinte informação:

  1. Número de registo e número da licença da corretora
  2. Informações de contacto: email, telefone, chat, etc. Por exemplo, preste atenção a sites que liguem em números privados (se não têm nada a esconder, porquê ocultar o número?). Os melhores sites de Forex normalmente não têm endereços de email privados, como Gmail ou Hotmail: empresas reguladas costumam ter endereços de email semelhantes ao seu domínio, como: contacto@brokerfiável.pt
  3. Os melhores sites para negociar Forex geralmente apresentam os Termos e Condições disponíveis na sua página.
  • Observe os dados bancários dos sites de Trading

Uma plataforma online de trading confiável normalmente apresenta os dados bancários abertos com o seu nome. Quando se trata de fraudes, muitas vezes as pessoas realizam transferências para contas que não se encontram no nome da corretora e geralmente esse dinheiro é enviado diretamente para paraísos fiscais (offshores).

Se reside em Portugal, deve optar por plataformas com contas bancárias em Portugal. As transferências serão mais simples e baratas e ainda lhe dará um maior poder negocial no caso de uma disputa em tribunal com a corretora.

  • Atenção à publicidade enganosa

As plataformas de trading online não podem solicitar-lhe qualquer informação. Se for solicitado por alguém que não conhece, isto apresenta-se como falsa publicidade e pertence provavelmente a um site que não obedece às leis.

  • Verifique as plataformas que oferecem consultoria financeira

As corretoras de Forex e CFDs não têm o direito de dar aconselhamento financeiro. Se lhe for oferecida uma opção de investimento com uma rentabilidade fora do normal no curto prazo, a garantir ganhos de forma rápida, esteja atento pois, isto é proibido.

O trabalho de uma corretora é, exclusivamente, colocar as suas ordens no mercado. Se o seu denominado consultor lhe oferecer trades recuse a oferta de imediato.

  • Identifique as plataformas de Trading mais seguras

Um site de trade de confiança possui uma plataforma confiável, por exemplo o MetaTrader 4 ou o MetaTrader 5. Estes sites oferecem uma plataforma de trading sólida, sem lapsos de cotações e com uma excelente execução de ordens.

Uma corretora de Forex e CFD séria fornece uma lista de preços e estatísticas das ordens executadas. A qualidade na execução de uma ordem pode ser testada na realidade e, por vezes, a conta demo não se encontra no mesmo servidor que a conta real.

Ter os spreads mais baixos é bom, mas eles têm de ser aplicados na sua conta e não apenas no site de trading para atrair novos clientes.

  • Verifique se a plataforma permite fazer operações de venda a descoberto (short-selling)

Fazer uma venda a descoberto diretamente sobre uma ação, short-selling, é algo que pode ser vantajoso para o investidor, porém nem todas as plataformas o permitem.

  • Permissão do acesso ao pré e pós mercado das bolsas

Este é um fator diferenciador principalmente para os daytraders ou para quem queira fazer trades com base em earnings e outras estratégias. Quando se fala em mercados financeiros, o acesso a este tempo extra pode fazer toda a diferença, mas, tal como as short-sellings, nem todas as plataformas o disponibilizam.

  • Certifique-se de que escolhe uma plataforma de trading com serviço em Português

Uma plataforma de trading fidedigna disponibiliza o serviço ao cliente na língua natal. Certifique-se ainda que o apoio ao cliente da sua corretora está disponível durante as horas de trabalho, ou até mesmo 24/7.

  • É importante conhecer os diferentes tipos de corretoras de Forex e CFDs

Existem dois tipos de corretoras de Forex e CFDs online:  Dealing Desk (DD), também conhecidas como “Market Makers” e as No Dealing Desk (NDD).

– As corretoras online “Dealing Desk”

Uma corretora de Forex e CFDs “Dealing Desk”, também conhecida como “Market Maker”, possui o seu próprio escritório de Forex. Não cobre apenas as suas posições no mercado como também assume o processamento das trades.

– As corretoras online “No Dealing Desk”

Este tipo de plataforma simplesmente processa as ordens que lhe são transmitidas e age de acordo com as decisões o cliente. Os brokers “No Dealing Desk” são remunerados unicamente pelos spreads. Esta é a solução mais transparente para os traders novatos.

  • Alavancagem

A alavancagem, empréstimo que a plataforma faz ao seu cliente, é de, normalmente, 1:50 ou de 1:200 e deve ser levada em conta na altura da abertura de uma conta.

Na prática, com 100 euros, por exemplo, o investidor consegue negociar 1000 euros, se a alavancagem for de 1:10. A alavancagem faz com que você possa aumentar o tamanho da posição e, com isso, aumenta também o risco associado à mesma.

A alavancagem será automaticamente reduzida para 1 se negociar, por exemplo, uma posição de 1000 euros e o saldo da sua conta for de 1000 euros.

  • Os Spreads e as Comissões

Uma parte generosa do lucro das corretoras advém da entrada de ordens. Por cada ordem de compra ou venda do cliente, a corretora cobra uma comissão.

Nas contas de trading de Forex online padrão, a corretora aplica spreads – a diferença entre o preço de compra e o preço de venda, naquele momento. Quanto maior a liquidez de um ativo, menor será o seu spread.

Normalmente, plataformas online de trading que prometem que prometem não cobrar spreads/comissões são possivelmente fraudulentas. Uma corretora tem de garantir a sua sobrevivência e se não existir qualquer spread ou comissão é duvidoso o facto de conseguirem recuperar o seu dinheiro.

Algumas corretoras oferecem spreads fixos, outras spreads variáveis, algumas sem spread algum, mas todas pagam a transação, de uma forma ou de outra.Em geral, as corretoras mais acessíveis são normalmente as mais caras.

As plataformas de Forex onde lhe é possível abrir uma conta com 10€ ou 20€ geralmente apresentam um spread mais alto.

  • Atenção ao depósito inicial e ao levantamento de fundos da sua conta

A média ronda os 50 euros, mas é possível abrir uma conta por valores mais baixos (entre 10 e 20 euros).

Como vimos, apesar do baixo investimento inicial, pode usufruir de um nível de alavancagem mais alto que lhe permite fazer trades mais altas do que o seu depósito. Apesar disso, negociar com pouco capital inicial e uma grande alavancagem é considerado algo muito arriscado e, frequentemente, um sinónimo de perda.

Sites de Forex que permitem negociar sem qualquer depósito mínimo significa que está perante uma plataforma fraudulenta.

Levantar o dinheiro que ganhou deve ser tão simples como depositar. Corretoras reguladas favorecem a transferência bancária, o depósito através de cartão de crédito, cheque, Paypal ou Neteller.

Se uma corretora promete ajudá-lo a evitar o pagamento de impostos, é uma boa razão para a riscar da lista e avisar as autoridades.

  • Variedade de instrumentos disponíveis

Os melhores sites de trade costumam oferecer um grande leque de instrumentos com os quais pode negociar: Forex, CFDs sobre Índices, Ações, Criptomoedas, etc.

Contudo, para um investidor que pretende abrir uma conta, o mais importante é encontrar o instrumento que pretende e com as melhores condições a nível de preço e spread.

Bónus de entrada ou promoções não são suficientes para lhe garantir as melhores condições de trading.

  • Existência da possibilidade de conta demonstração gratuita

Existem receios habituais aquando da entrada numa atividade deste género. As corretoras reguladas sabem-no e, por isso, oferecem sistematicamente a possibilidade do cliente abrir uma conta de demonstração.

A conta de demonstração é uma conta de trading fictícia, que permite ao investidor iniciante praticar antes de colocar algum capital na mesma. O fundo monetário presente na conta demo é de natureza fictícia e mostra o impacto das decisões do investidor nos respectivos ativos.

Mesmo que o dinheiro seja fictício, as variações dos ativos são representados de acordo com a realidade, traduzindo, portanto, uma simulação e uma potencial aprendizagem para situações reais.

Para além da conta de demonstração, todos os sites de trading colocam á disposição dos investidores vídeos informativos e outros tutoriais para que estes fiquem familiarizados com as inúmeras técnicas de trading existentes.