Dívida pública caiu 4,6 mil milhões de euros em junho

Segundo dados atualizados do Banco de Portugal, a dívida pública diminuiu 4,6 mil milhões de euros em junho face a maio.


Em junho de 2020, a dívida pública cifrou-se em 259,8 mil milhões de euros, o que representa uma queda de 4,6 mil milhões de euros face ao mês anterior, informa o Banco de Portugal.

De acordo com o regulador, “para esta redução contribuíram essencialmente as amortizações de títulos no valor de 4,4 mil milhões de euros”, pode ler-se.

Já os ativos em depósitos das administrações públicas desceram 8,2 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos aumentou 3,6 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 242,8 mil milhões de euros.

Em maio, recorde-se, a dívida pública subira para 264,4 mil milhões de euros, o valor mais alto desde 1995 – ano que marca o início da série estatística disponibilizada pelo banco central -, traduzindo um aumento do endividamento face às necessidades de financiamento perante a pandemia de Covid-19.

Comparando com junho de 2019, a dívida pública aumentou 8.317 milhões de euros.